Educação pela amorosidade: uma alternativa para a escola pública no Amapá?

DOI: https://doi.org/10.14393/REPOD.issn.2238-8346.v7n3a2018-10

Para ler o artigo completo clique aqui.

Palavras-chave: Educação Continuada, Sociabilidade Violenta, Escola pública

Resumo

Trata-se de um estudo que tem fundamento no pensamento dialético de Maria Cecília Minayo e categoria de análise as representações da “baixada”, tal como projetadas na linguagem dos alunos das escolas públicas localizadas no seu entorno, e que analisa o trabalho e as perspectivas do Grupo de Educação Continuada, uma equipe de professores que, com base nas formulações de Humberto Maturana e no pensamento complexo, vem desenvolvendo práticas educativas de entrelaçamento da dimensão amorosa e cognitiva nas escolas públicas do Amapá. O estudo foca principalmente as possibilidades dessa prática na abordagem da sociabilidade violenta na escola pública do Amapá, a partir do material didático produzido pelo Grupo e dos resultados de sua aplicação em escolas públicas do Estado.

Leave a Reply